INFORMAÇÃO INSTITUCIONAL

Missão

Melhorar o funcionamento de pessoas com incapacidades psiquiátricas de modo a terem sucesso nos ambientes de sua escolha e intervir socialmente para informar e sensibilizar a comunidade, e assim contribuir para a sustentabilidade da reinserção social das pessoas apoiadas.

Visão

Contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade que enquadra as pessoas com incapacidades psiquiátricas e lhes viabiliza uma vida com qualidade.

Valores

Dedicação, solidariedade, responsabilidade.

Objectivos

- Reabilitação Activa dos doentes apoiados;
- Criação de grupos de auto-ajuda para as famílias dos doentes;
- Promover a qualidade de vida da pessoa com experiência de doença mental e sua família;
- Intervenção social no domínio da saúde mental;
- Informar e sensibilizar a comunidade sobre estas problemáticas.

Destinatários

População adulta em situação de desvantagem, transitória ou permanente, por doença psiquiátrica grave, clinicamente estabilizada.

Respostas Sociais

As nossas Respostas Sociais foram criadas no âmbito do Despacho Conjunto 407/98, DR, II série, nº 138, 18 de Junho entre o Ministério da Saúde e o Ministério do Trabalho e da Solidariedade.

Unidades de Vida

Unidades de Vida Estrutura habitacional destinada sobretudo ao treino de autonomia de pessoas adultas com problemática psiquiátrica clinicamente estável. Dispomos de 3 Unidades de Vida Protegida e 1 Unidade de Vida Autónoma, em Lisboa.

Fórum Sócio-Ocupacional

Tem como objectivo desenvolver actividades ocupacionais indutoras da autonomia do próprio e do relacionamento interpessoal, que promovam a reinserção sócio-familiar e/ou profissional dos utentes. Dispomos de 1 Fórum em Lisboa e 1 Fórum em Almada.

Apoio Domiciliário

Dispomos de um Serviço criado em Almada no âmbito de uma candidatura de apoio às Associações de Família - Decreto-Lei nº 247/98, de 11 de Agosto - e de um Serviço de Apoio Domiciliário em Lisboa candidatura ao Alto Comissariado da Saúde…